quarta-feira, 24 de março de 2010

Vejam o meu site Ética Ambiental

Olá a todos!
Vejam o meu site sobre Ciências Biológicas e Ética Ambiental. Neste site postaremos publicações, resumos, projetos, artigos e tudo o que possa interessar o biólogo ou ecólogo.

http://www.eticaambiental.net.br


Grande abraço.

segunda-feira, 15 de março de 2010

ASSEXUADO, SEXUADO OU SEM SEXO?

Pela primeira vez na história o governo da Austrália reconhece uma pessoa sem sexo. Incrível não? mas a escocesa Norrie May-Welby que se considera andrógina não foi reconhecida medicamente por anatomia ou comportamento, nem como homem ou mulher. Norrie nasceu homem e fez um tratamento hormonal aos 23 anos, foi registrada como mulher na Austrália inicialmente. No ano passado foi lhe concedida então uma certidão sem gênero. Olha ela aí embaixo.

norrie_maywelby.jpg

Recomendo o livro "Evolução em quatro dimensões"


Olá biólogos! quero recomendar a leitura do excelente livro "evolução em quatro dimensões", Eva Jablonka e Marion Lamb, Companhia das letras.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Sarau cientifico dia 20 de março de 2010

Teremos uma discussão sobre ética ambiental, corporações e responsabilidade social na unidade memorial, 09h00, dia 20 de março de 2010. Todos os alunos e professores da UNINOVE estão convidados, confirmaram presença os profs: Armando, Nicolas e Antonietta.

terça-feira, 2 de março de 2010

Livros sobre comportamento animal

  • Comportamento animal, uma introdução a ecologia comportamental. Kleber Del-Claro. disponível no endereço: www.leci.ib.ufu.br/leci/
  • As distintas faces do comportamento animal. Kleber Del-Claro. Livraria Conceito. 2003.
  • Introdução a ecologia comportamental. Krebs, J. R. 1996.
  • Os fundamentos da etologia. Lorenz, Konrad. UNESP. 1993.
  • Sociobiologia. Wilson, Edward.

Orca ataca mortalmente tratadora no sea world

Olá a todos! Ocorreu um acidente letal raro envolvendo humano e orca no sea world na quarta feira 24 de fevereiro de 2010. O mesmo indivíduo esteve envolvido com a morte de outro tratador 20 anos antes no Canadá. É possível entender este comportamento como um padrão para este indivíduo? Ataques não provocados (ou aparentemente não provocados) são raros na espécie Orcinus orca, será similar as interações agonísticas não provocadas entre humanos e cães
veja a notícia:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/multimedia/2010/02/100225_orca_incidente.shtml

segunda-feira, 1 de março de 2010

Ética ambiental e biológica

Aguardem o lançamento do meu site com colaboradores (prof. Armando, acadêmicos Marcelo e Cauê) sobre ética ambiental e biológica. O site vai conter também os trabalhos que orientei de TCC e outras produções. Gostaria de saber as impressões de todos.

Documentários utilizados na disciplina de etologia

  • Quem somos nós? playarte.
  • Evolução, a incrivel jornada da vida. Scientific America / Duetto.
  • Migração alada. Columbia pictures. Jacques Perrin.

É possível entender a mente (processos cognitivos) dos animais?

Podemos diminuir a subjetividade e aumentar a objetividade na observação do comportamento animal? Como estudar a conciência animal?
O autor Thomas Nagel (Thomas Nagel, Filósofo, Norte Americano, 1974) discute no artigo: Como é ser um morcego? (What is it like to be a bat?) a cognição e a relação dicotômica entre mente-corpo. E considera que os morcegos detectam informações do meio ambiente a partir da emissão e recepção de eco, um sistema sensorial distinto dos humanos, o que dificultaria ou impediria o real entendimento por um etologista sobre o universo sensorial desses animais. Dessa forma os morcegos podem ter experiências únicas a partir do seu sistema sensorial que os humanos não poderiam compartilhar.
Mas será que podemos ser objetivos sobre uma realidade que é intangível? O universo subatômico por exempo revela que a material é praticamente inteiramente constituída por espaços vazios, ao contrário do que percebemos ao interpretar os objetos que tocamos como sólidos. No caso da mecânica quântica podemos ainda observar um corpo que está em dois lugares ao mesmo tempo, dificultando ainda mais o refinamento de nossa objetividade.
Afinal a realidade que nos rodeia é uma criação de nosso cérebro?

Seguidores